Leitura  e arte
Leiturartes
Boa madrugada! Segunda-feira 21 de Outubro de 2019  -   Passagem das Pedras, Picos - Piauí

Postado em: 05/08/2015 - Por: Vilebaldo Rocha - Visitas: 3015

Heróis - Poesia de Vilebaldo Rocha

História de heróis que estão ao toque das mãos

No meio da sala o filho admira o artista famoso da televisão, e não percebe que bem ao seu lado existem heróis ao toque das mãos.

Heróis - Poesia de Vilebaldo Rocha

História de heróis
A gente lê nos livros
E vê nos filmes da televisão.
Compra um pôster
E prega no quarto
Pra servir de fonte de inspiração.



Mas quem é esse que de madrugada
Põe o pé na estrada para trabalhar,
Com as mãos sulcadas constrói um destino
Para o seu menino poder estudar.
Que lhe mata a sede, que lhe mata a fome,
Que lhe dá um nome pra poder honrar.
Mas quando chega em casa cansado
Não encontra braços para lhe abraçar.

 

História de heróis
A gente lê nos livros
E vê nos filmes da televisão.
Compra um pôster
E prega no quarto
Pra servir de fonte de inspiração.

 

 

Mas quem é essa que é a mãe do mundo
Que não tem um segundo para relaxar.
Faz o café, arruma a mesa, varre a casa,
E haja bagunça para arrumar.
Ainda encontra tempo e faz uma prece,
Que o filho merece, pra não desgarrar.
E ao fim da noite já muito cansada
Não encontra braços para lhe abraçar.

 



No meio da sala o filho admira
O artista famoso da televisão,
E não percebe que bem ao seu lado
Existem heróis ao toque das mãos.
Que não dão autógrafos, nem saem em revistas,
Mas são eles que inspiram os da televisão.

(O Caçador de Passarinho - 2006)

  • icone-msn.png Nome: Irene Soares

    Em: 13/10/2018 às 11:05:43

    Amigos, leiam esta poesia e lembrem dos seus pais, que não estão mais próximos e veja como vivemos esquecidos de regar o mais simples.



Ver todas de: poesias