Leitura  e arte
Leiturartes
Bom dia! Sábado 24 de Agosto de 2019  -   Passagem das Pedras, Picos - Piauí

Postado em: 08/05/2014 - Por: Nonato Fontes - Visitas: 1531

O Jovem e a Política II

Grupo aja apresenta a peça: O Jovem e a Política

O jovem e a política é um texto que aborda temas da sociedade atual, onde todo ser deve ser político, no sentido de entender o como fazer.

O Jovem e a Política II

(fecha a cortina e abre o cenário dois. Um grupo de jovens conversando)

Elaine:  Até que enfim completei dezesseis anos, agora posso tirar meu título e votar.

 

Suzana:  Precisamos ser conscientes do que estamos fazendo. Elaine, voto é coisa séria.

 

Elaine:  Meu primeiro voto não quero dar em vão, vou estudar direitinho meu candidato. E se for eleito quero fiscalizá-lo.

 

Suzana:  A juventude em ação pode mudar a história de uma nação!

 

Elaine:  Já virou poetisa, foi?

 

Suzana:  Acho que é alegria por estar, pela primeira vez, ajudando a mudar o destino do meu país.

 

Elaine:  Nós somos fortes, temos um título na mão! Ih, rimou com nação (as duas sorriem)

 

Nívea:  (entrando) Olá, turma. Aqui está o meu também!

 

Suzana:  Já escolheu seu candidato?

 

Nívea:  Não é só assim, não. Tenho que conhecê-lo muito bem, estudar suas propostas, saber se tem ética...

 

Elaine:  Nossa! Ética! Agora você foi longe.

 

Nívea:  Mas é a verdade. Quem é que gosta de pessoas que não respeitam as opiniões dos outros e o tratam com palavrões, xingamentos, mentiras... Picuinhas... sabem?

 

Suzana:  Tem razão, precisamos estar atentas a tudo.

 

Suzana:  E por falar nisso, que tal irmos visitar o colégio que foi construído no boqueirão e ver se o gasto que foi relatado no projeto está de acordo com a execução da obra?

 

Elaine:  Bem pensado, afinal era um projeto de interesse daquela localidade e do município. Só precisamos saber se não ouve um desvio no orçamento.

 

Nívea:  Acompanhar os gastos do orçamento público é uma maneira de evitar que desviem as nossas verbas. 

 

Elaine:  É verdade. Por isso que não perco uma seção na câmara quando vai ser votado o orçamento.

Sandra:  (chegando) Olá, meninas... O que estão fazendo?

 

Elaine:  Fomos tirar o nosso título de eleitor.

 

Sandra:  Ah! Eu é que não vou me preocupar agora. Vou ter que ta votando obrigada!

 

Suzana:  Mas você só vai ser obrigada a votar depois dos dezoito.

 

Sandra:  Quer dizer que é assim? Então vou tirar meu título. Aí se der certo eu voto.

 

Elaine:  Mas não devia ser assim... Se der certo.

 

Sandra:  Eu ainda não entendo bem de política.

 

Nívea:  Pois já é tempo de entender. Não podemos esquecer das lutas daqueles que deram suas vidas para que nós pudéssemos exercer nosso direito de voto.

 

Elaine: Nós precisamos dar continuidade a essa democracia.

 

Suzana:  Jovens conscientes do dever político.

 

Sandra:  Calma, meninas. Ainda é tempo de aprender. Vou procurar me empenhar o máximo. Não quero sentir-me culpada por nenhuma decisão errada quanto ao voto.

 

Elaine:  É assim que se fala, Sandra!

 

Suzana:  Por uma nação justa, com emprego e educação.

 

Nívea:  Com trabalho e justiça, pra atender o cidadão.

 

Elaine:  Com salário que melhore a nossa situação.

 

Sandra:  Vamos votar conscientes nessa eleição.

 

Todas:  Somos jovens na política! Somos jovens em ação!

 

    Seja o primeiro a comentar esta matéria!



Ver todas de: teatro