Leitura  e arte
Leiturartes
Bom dia! Sábado 24 de Agosto de 2019  -   Passagem das Pedras, Picos - Piauí

Postado em: 15/05/2014 - Por: Nonato Fontes - Visitas: 5893

A lenda do Lobisomem

O sétimo filho de uma geração do mesmo sexo, nasceria com a maldição de virar lobisomem

A lenda do Lobisomem é conhecida de várias formas, até mesmo às suas características podem variar.

A lenda do Lobisomem

A história do lobisomem, como muitas do folclore, varia de lugar para lugar, pois diferencia às que li nos livros sobre o gênero daquelas que me contavam quando criança, hoje não se encontra mais uma roda de pessoas contando causos sobre as lendas.

Segundo uma das versões sobre essa lenda do folclore brasileiro, o sétimo filho de uma geração do mesmo sexo, nasceria como lobisomem, também existe outra contando que o lobisomem se transforma numa encruzilhada e sai correndo a procura de sangue devorando tudo que ver pelo caminho, quando é para recuperar a forma humana volta à mesma encruzilhada.

 

Veja causos sobre lobisomem: Aqui

 

Nas histórias que ouvi contadas por muitos, era que o lobisomem se transformava rolando no local onde um jumento se espojou e que saia pelas ruas correndo numa sexta feira na noite de lua cheia. Também diziam que para voltar à forma humana teria que atravessar por sete cemitérios e voltar no mesmo local onde se espojou, contam que suas roupas ficavam ali mesmo. Segundo a lenda - vale lembrar os fatos de cunho religioso que surgem no folclore - o lobisomem gosta de devorar crianças ainda não batizadas, o que levava - e quem sabe ainda leva - os pais a batizarem seus filhos ainda novinhos. Por via das dúvidas eu já batizei o meu.

A lenda do Lobisomem é conhecida de várias formas, até mesmo às suas características podem variar. Há pessoas que acreditam que ele se transforma em lobo por completo, o que contrasta com o seu nome, pois lobisomem quer dizer lobo e homem, ou seja, metade um metade outro. Porém a que se ouve com freqüência é que ele vira metade homem e metade lobo. Ainda segundo a lenda, o lobisomem pode ser destruído com a prata ou com o fogo.

 

 

    Seja o primeiro a comentar esta matéria!



Ver todas de: folclore