Leitura  e arte
Leiturartes
Bom dia! Sábado 24 de Agosto de 2019  -   Passagem das Pedras, Picos - Piauí

Postado em: 02/09/2015 - Por: Nonato Fontes - Visitas: 3469

Causos e Lenda do Folclore: Matinta Perera

Quando alguém ouvir o canto de matinta perera: Quem quer? Quem quer? Diga apenas: eu não!

A Matinta Perera ganhou mais um daqueles que acha que dinheiro cai do céu. Para quem ainda não sabia como a Matinta transferia sua maldição

Causos e Lenda do Folclore: Matinta Perera

Num certo dia, mais ou menos a meia noite, logo após uma reza de devoção ao santo padroeiro do bairro onde nasci, nós estávamos nos preparando para dormir quando ouvimos um barulho muito estranho na cumeeira da casa. Fomos lá para ver o que era, na escuridão que estava não deu para distinguir bem, mas se tratava de uma espécie de ave, só que de tamanho desconhecido em nossa região, quase imitando uma pessoa, só soubemos que se tratava de uma ave, porque ela saiu voando.

 

Ficamos bem descrentes da visão daquele dia, demorou umas três ou quatro semanas, ela reapareceu, desta vez era uma noite de lua clara, deu para saber direitinho do que se tratava, era a Matinta (Leia sobre Matinta Perera). Meu avô já tinha alertado para a coisa daquele dia, seria ela mesma, estava ali agourando alguém. Mas como não fez zoada nenhuma, nem entoou seu canto assombroso, dizia ele, vamos rezar para que seja só de passagem. Mas ela voltou, e assim o fez por mais duas semanas, até que uma senhora vizinha da nossa roça faleceu.

 

Segundo meu avô, quando isso acontece, ela some. Mas não sumiu, dizem que ela ainda hoje aparece por lá, pois nós já não podemos mais presenciar, mudamos dois meses depois daquele episódio. Agora na cidade, e com alguns estudos a mais na caixa do quengo sobre a Matinta Perera, foi que descobri que sua maldição muda de um corpo para outro. Pois quando ela muito aparece em um canto, foi que alguém deu ouvido a sua aterrorizante cantiga: Quem quer? Quem quer? E aquela mulher contava sempre que tinha vontade de ganhar muito dinheiro para morar num lugar bem bonito, a beira mar, criar cavalos, ser uma pessoa de bens valiosos. Era meio gananciosa, tudo ela queria.

 

A Matinta Perera ganhou mais um daqueles que acha que dinheiro cai do céu. Para quem ainda não sabia como a Matinta transferia sua maldição, agora ficou sabendo. Mais cuidado quando alguém lhe oferecer as coisas do nada, pode está escondendo algo muito ruim. A Matinta Perera hoje é aquela mulher vizinha antiga da família, amanhã pode ser você, cuidado!

 

  • icone-msn.png Nome: Temístocles

    Em: 13/10/2018 às 10:40:56

    De mais! Belo causo. Gente fácil de cair no canto da Marinha tem de sobra.



Ver todas de: folclore